CHARNECA DE
CAPARICA / ALMADA
DAS 09H00 ÀS 21H00

Por um país com bom ar, comece já a mudar

18 de Setembro de 2019

Campanha nacional “por um país com bom ar” para sensibilizar a população à mudança de comportamentos com vista à preservação da qualidade do AR.

Portugal está nos dez países que apresentam melhor qualidade do ar, entre os 41 países presentes no relatório da Agência Europeia do Ambiente. Ainda assim, estima-se que as partículas PM2.5, NO2 e O3 são responsáveis pela morte de 6.000 portugueses todos os anos.

O tráfego rodoviário, apesar das melhorias significativas que têm vindo a ser introduzidas nos veículos, continua a ser a maior fonte de poluição do ar nas áreas urbanas.

O crescente aumento do uso de transporte individual tem gerado problemas de congestionamento, de ruído e na qualidade do ar, contribuindo para a degradação da qualidade de vida das pessoas. Compete a cada um de nós, com pequenas acções, contribuir para a mudança.

A mudança começa agora!

BONS HÁBITOS PARA UM BOM AR Todos podemos contribuir para diminuir estas emissões

A qualidade do ar no nosso país é hoje significativamente melhor do que nas últimas décadas. Ainda persistem problemas de poluição do ar, sobretudo nas áreas urbanas.
Os poluentes que causam maior preocupação são as partículas finas em suspensão, o dióxido de azoto e o ozono troposférico.

É possível e importante que todos conheçam a qualidade do ar que respiram. Para isso basta consultar o índice QualAr.

BONS HÁBITOS PARA UM BOM AR
Todos podemos contribuir para diminuir estas emissões:

  • Usar transportes coletivos;
  • Fazer as pequenas deslocações a pé ou de bicicleta;
  • Efetuar as revisões periódicas do veículo e manter os pneus calibrados, diminui a emissão dos poluentes e poupa dinheiro;
  • Limitar o uso do automóvel ao estritamente necessário;
  • Abastecer o veículo fora das horas de maior calor;
  • Moderar a utilização do ar-condicionado no veículo;
  • Apostar na mobilidade partilhada;
  • Fazer uma condução eficiente (arrancar suavemente; reduzir a velocidade, utilizar o travão do motor, evitar acelerações e travagens bruscas)

A CAMPANHA