CHARNECA DE
CAPARICA / ALMADA
DAS 09H00 ÀS 21H00

O FEIJÃO

Qual a importância desta leguminosa?

O cultivo do feijão é bastante antigo, referente à Grécia Antiga e ao Império Romano, onde os feijões eram usados para votar (um feijão branco significava sim, e um feijão preto significava não).

FEIJÃO ... rico em proteína vegetal e ferro!

Pode ser consumido como feijão cozido, em feijoada, em saladas, em doces diversos, ou a acompanhar o arroz tradicional. Esta mistura (feijão com arroz) é bastante nutritiva.

O consumo moderado e frequente de feijão está associado à diminuição do risco de desenvolver doenças como diabetes, obesidade, doenças cardiovasculares e até cancro. Os hidratos de carbono e as proteínas são os principais componentes do feijão. São uma boa fonte de fibra alimentar, tiamina (vitamina B1), niacina (vitamina PP), ácido fólico, potássio, fósforo, ferro e magnésio.

Sabia que...

Uma refeição de sopa com feijão, vai ajudar a sentir-se saciado(a) por mais tempo do que se optar por um croquete e uma sandes? E sabia que com esta sopa saudável só consome 100 a 200 calorias, ao passo que com a outra opção consome cerca de 450 calorias e fica mal nutrido(a)?

LEGUMINOSAS

Uma óptima forma de manter a linha!

Mantenha a linha sem dificuldade e com todos os benefícios nutricionais

As leguminosas são uma óptima forma de manter a linha

Não há mulher que não tenha pensado em fazer dieta e são raras as que desistiram de levar à avante um método para perder peso em pouco tempo. O problema das dietas loucas é que o organismo fica desregulado e descompensado pela falta dos nutrientes essenciais.

Por isso, é importante todos sabermos que as leguminosas são um alimento imprescindível pela sua composição nutritiva e um óptimo aliado para quem quer manter a linha, já que, entre outras coisas, têm um baixo valor calórico e retarda a fome por mais tempo.

Gravidez tranquila e menopausa menos sofrida!

A diversidade de nutrientes das leguminosas é de tal forma completo que os seus benefícios nutritivos são indicados para as mulheres grávidas ou para atenuar os sintomas da menopausa. Por exemplo, o feijão-frade é rico em ácido fólico, essencial para as grávidas e para o desenvolvimento do bebé.